Instituto Superior Técnico

Calendário Formações 2º semestre 2018/19

Objetivos de aprendizagem CDIO e o conceito de Alinhamento Construtivo

Workshop de duas manhãs em que se vão apresentar os conceitos de Alinhamento Construtivo e treinar a elaboração de objetivos de aprendizagem para Unidades Curriculares partindo dos descritores de Dublin, ou do conceito de CDIO (conceber-projectar-implementar-operar). Formação inserida na componente PLANEAR do Programa de Desenvolvimento e Formação http://pdf.tecnico.ulisboa.pt/planear/

A formadora Isabel Gonçalves coordena o Núcleo de Desenvolvimento Académico e é Psicóloga Especialista em Psicologia Educacional, especialidade avançada de Coaching Psicológico pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.

A formação decorre nos dias 11 e 12 de junho – CANCELADA

Inscrições: https://forms.gle/VrKnd8vSZxCJFoSi7

Estudantes Internacionais, ‘Minorias’ e Diversidade Cultural: Estratégias de Inclusão em Contexto Pedagógico

Começando pelo tema central da cultural awareness, este workshop visa fornecer uma visão integrada da diversidade, bem como das boas práticas e estratégias aplicáveis a turmas multiculturais do Ensino Superior. Este workshop encontra-se dividido em três momentos: ‘Eu perante a diversidade’, ‘Eu, como Professor, perante a diversidade’, usando itens retirados da Teacher Multicultural Competence Scale e ‘Eu, como professor de turma culturalmente diversa, em contexto de sala de aula’.

O formador, Prof. Pedro Oliveira, é doutorado em Antropologia Cultural (área Multiculturalidade e Diferenças Culturais). Actualmente docente convidado na Católica Business School, European University e IST (Projecto Capstone, a convite do Prof. Nuno Nunes).

A formação decorre no dia 17 de junho, das 09:00 às 13:00 – CANCELADA

Inscrições: https://forms.gle/CjgdpEwbUJ2rzrxf8

Gestão do Stress na Carreira Docente: Pensamento e Estratégias

Partindo de pesquisas recentes na área da psicologia e outras ciências sociais, que revelam que os docentes e investigadores que prosseguem uma carreira académica apresentam elevados níveis de stress, este workshop tem como objectivos explorar algumas estratégias de gestão do stress e do tempo. O workshop divide-se em três componentes principais: definição do stress de um ponto de vista psicológico e exploração de estratégias de stress management implementadas nalgumas organizações na área tecnológica; auto-identificação de sintomas e implementação de algumas estratégias de gestão do stress, incluindo o relaxamento, a meditação, a visualização e aspectos relacionados com a nutrição e o exercício físico; exploração de alguns aspectos do modelo de H. Kearns e M. Gardiner de gestão de tempo para académicos.

O formador, Prof. Pedro Oliveira, é doutorado em Antropologia Cultural (área Multiculturalidade e Diferenças Culturais). Actualmente docente convidado na Católica Business School, European University e IST. Desenvolve a sua prática como Psicólogo Clínico em consultório privado, tendo desenvolvido uma vasta experiência nessa área em Portugal e no Reino Unido (Clínica Tavistock e West London Mental Health Trust).

A formação decorre no dia 28 de junho, das 09:00 às 13:00 – ATENÇÃO, ALTERAÇÃO de DATA e HORÁRIO

Inscrições: https://forms.gle/9QnEwCR5GWAhAixP8

O poder da voz

A voz, representando uma identidade, é o primeiro cartão de apresentação que temos connosco. Há quem não se aperceba que a voz tem o poder de desenvolver nos ouvintes processos de aproximação, de atracção, de empatia, ou, ao contrário, de afastamento, antipatia, irritabilidade, isto só para nomear alguns. A voz é um elemento de enorme valor que participa na significação da mensagem. A possibilidade de se ”jogar” com os diversos traços vocais desenvolve a expressividade da fala, sem a qual a comunicação, no seu mais lato sentido, não acontece. Este seminário tem como objectivo ajudar os participantes a perceber quais as particularidades comuns que prejudicam ou impedem o melhor desempenho da voz, do corpo e da mente para comunicar, independentemente do conteúdo.

Formadora free-lancer, Júlia Guerra, é certificada pelo IEFP e encontra-se registada no CCPFC, tem desenvolvido esta actividade nas áreas: “Técnicas Vocais” “Falar em Público”; “Arte de dizer”. É autora de Manuais de Formação e Avaliação. Actriz profissional da Companhia Maior formada em 2010 no CCB integra, desde 2016, a sua direcção. De 1989 a 2010 integrou a Direção da Apoiarte – Casa do Artista onde foi responsável pelo pelouro do Centro de Formação, por Concursos Literários e pelo Núcleo de Voluntariado. Profissional da RDP durante mais de três décadas foi intérprete de Teatro Radiofónico, leitora de poesia, apresentadora de espectáculos de música ligeira e clássica, além de locutora, repórter, produtora e realizadora. Chefiou um departamento de programas da RDP/Antena1. Estagiou na BBC (rádio e televisão). Colaborou na RTP como intérprete e apresentadora. Foi voz de vários documentários e de anúncios publicitários.

A formação decorre no dia 25 de junho.

Inscrições: https://forms.gle/ep51biQSTpExcHDs5

Team Based Learning (TBL): Como usar uma metodologia flexível e interactiva para aumentar a aprendizagem nas aulas

Este workshop tem como objectivo apresentar a metodologia TBL, explorar o potencial inerente à sua flexibilidade, os ganhos na interactividade nas aulas (inclusive com turmas grandes) e nos resultados dos alunos.
A TBL é uma metodologia de ensino/aprendizagem desenvolvida para cursos na área da administração nos anos 1970, por Larry Michaelsen. Tem sido explorada em várias disciplinas (gestão, matemática, química, biologia, psicologia, medicina, economia, etc), para trabalho com turmas com mais de 100 ou com cerca de 25 alunos. Ao contrário doutras metodologias que recorrem ao trabalho com grupos, a TBL é uma metodologia flexível e pode ser adoptada com pequenas alterações na organização de horários e programa.
Para que os participantes desenvolvam uma perceção do funcionamento da metodologia, o curso será apresentado aplicando a própria metodologia, isto é, os participantes experienciarão a metodologia sob a perspectiva dos alunos. Os formadores partiharão a sua experiência docente e discutirão com a audiência como dar os primeiros passos no uso de TBL. O curso recorre à visualização de videos, à descrição de exemplos de aulas de áreas de disciplinas diversas e à apresentação de exemplos de actividades.
A expectativa é que os participantes possam contactar e compreender as vantagens e os desafios de operacionalização de aulas em TBL, e que reflictam sobre a utilidade e o modo de explorar esta metodologia.

O formador, Prof. Manuel João Costa, é Pró-Reitor para os Assuntos Estudantis e a Inovação Pedagógica da Universidade do Minho,  foi responsável pelo programa de formação para a docência da Escola de Medicina da Universidade do Minho. Dinamiza acções de formação para docentes do ensino superior no país, principalmente sobre formas inovadoras de desenvolver actividades em salas de aula, bem como sobre princípios gerais e instrumentos de avaliação. Internacionalmente, organizou e dinamizou formações relacionadas com o envolvimento dos estudantes nas escolas médicas e sobre estratégias promotoras de sucesso em estudantes com dificuldades académicas. Frequenta regularmente cursos de formação no contexto de eventos internacionais de educação médica.

A formação decorre no dia 25 de junho

Inscrições: https://forms.gle/4AWvRD68B4SQsan69

Design Thinking

Nos dias de hoje, precisamos de uma abordagem que seja poderosa, efectiva e transversalmente acessível. Precisamos de uma abordagem que integre todos os aspectos do negócio e da sociedade, onde indivíduos e equipas estejam aptos a aplicá-la e a gerar ideias que, ao serem implementadas, causem real impacto, minimizando simultaneamente o risco de insucesso.

Precisamos de enfrentar os desafios através de uma abordagem sustentada num pensamento alternativo: formas alternativas de pensar sobre alternativas. O design thinking é certamente uma dessas abordagens. Este workshop permite aos participantes aprender e familiarizarem-se com os métodos e mindset desta prática, bem como a sentirem-se aptos a aplicar as ferramentas e técnicas do processo, sempre que necessário, na vida pessoal ou profissional.

O formador, Nuno Sobrinho, é Engenheiro Civil do IST (graduação em 2004), tendo iniciado a sua carreira no sector da construção, e passado para o nicho da consultoria e gestão de projectos em 2006. Ávido pela aprendizagem e novas ferramentas, continuou o seu percurso académico entre 2007 e 2010 através de uma pós-graduação em Business Administration no INDEG-ISCTE, e mais tarde de uma pós-graduação em Hospitality Management pela UALG. Entre 2013 e 2018 viveu e trabalhou na Austrália onde teve a possibilidade de desenvolver competências e ganhar experiência internacional, nomeadamente na área da consultoria e startups e no sector governamental.

Ao longo do seu percurso profissional foi desenvolvendo uma paixão especial por questionar o que tradicionalmente se evita e pelo foco nas pessoas, como chave das soluções para os desafios correntes. Em 2015 especializou-se na área do design thinking, com entidades de referência como a IDEA, +Acumen, D. School of Stanford, Darden School of Business e Universidade de Sydney. Uma das paixões do formador é partilhar e promover o ensino deste processo junto das Instituições de Ensino Superior, contribuindo deste modo para a formação das futuras gerações da nossa sociedade.

A formação decorre no dia 27 de junho (das 09:00 às 18:30, o formador alerta para o facto de este workshop ser bastante intensivo e com uma forte componente prática e de aplicação dos conceitos)

Inscrições: https://forms.gle/pMju4pqPUayk9VfaA

Problem Based Learning (PBL) Basic: Knowing About!

This workshop targets active staff who wants to know about active learning methodologies, specifically PBL, to start to change their teaching practices. It aims to provide basic knowledge on what PBL is and exemplify how it can be practiced in engineering education. The workshop takes an exemplary and PBL approach by using participants’ teaching challenges and their experiences as point of departure to define PBL and to design a PBL activity for their courses.

Hands-on exercises, small lectures, group work and group discussions compose the workshop. At the end of the workshop, participants should be able to: understand active and student centred learning, namely PBL principles and PBL curriculum alignment elements (LO1), relate PBL curriculum elements with course design (LO2), identify teaching challenges (LO3), Design an active learning activity using 3 PBL curriculum elements, namely learning goal, student activities and teacher role, to address a teaching challenge (LO4), provide critical feedback and reflect on their own practice (LO5)

Problem Based Learning (PBL) Advanced: Knowing and doing More!

This workshop targets participants who already implement active learning strategies in their teaching and aim to contextualize their practices within PBL pedagogy. Consequently, the workshop takes its point of departure on participants teaching experiences and aims to relate them with PBL principles, practices and models, with aim to design a PBL intervention. Hands-on exercises, small lectures, group work and group discussions compose the workshop.

At the end of the workshop, participants should be able to. relate participants teaching practice/experiences with PBL principles and models (LO1), relate the PBL curriculum and models with constructive curriculum alignment (LO2), identify where and how the participants’ teaching experiences can be improved using the constructive curriculum alignment (LO3), develop PBL skills, namely collaborative skills (LO4), design a PBL experiment, using the constructive curriculum alignment (LO5), provide critical feedback and reflect on their own practice

Prof. Aida Guerra, the workshop facilitator, is Associate Professor and Vice-Director of the Aalborg UNESCO Center for PBL at Aalborg University

Os materiais de apoio à formação (PBL Basic e Advanced) serão em língua inglesa, mas a formação será apresentada em português. Os formandos são aconselhados a inscrever-se no PBL Basic caso não estejam familiarizados com a metodologia, podendo participar apenas no PBL advanced se já tiverem prática na aplicação das metodologias de PBL. Os formandos poderão participar simultaneamente na formação PBL Basic (1 de julho) – Inscrições https://forms.gle/L3rvCeyg8RNwE5S6e Advanced (2 de julho) – Inscrições https://forms.gle/MX2bmLkEqFoRxV1e7

Princípios do Coaching aplicados à orientação de Dissertações

Esta formação, bastante intensiva, já foi realizada por vários docentes e investigadores do IST, direcionando-se particularmente a todos os que orientam dissertações de mestrado e/ou doutoramento. Algumas das temáticas abordadas incluem: a definição de Coaching e seus contextos de aplicação, nomeadamente ao meio académico; os benefícios do Coaching e os custos de não fazer Coaching; os limites e as resistências ao Coaching. Algumas das habilidades coaching serão treinadas ativamente, recorrendo a exercícios de grupo e actividades de role-playing, nomeadamente, os estilos de comunicação e de aprendizagem, a escuta ativa, o questionamento, a empatia e também o treino assertivo, com particular destaque para as ‘conversas difíceis’ ou cruciais.

A formadora Isabel Gonçalves coordena o Núcleo de Desenvolvimento Académico e é Psicóloga Especialista em Psicologia Educacional, especialidade avançada de Coaching Psicológico pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.

A formação decorre no dia 3 de julho

Inscrições: https://forms.gle/TsbgNX9RZjeTNhkM7

Ferramentas online na sala de aula: Kahoot

O Kahoot consiste numa plataforma de ensino, em formato de jogo, que permite aos estudantes responder, através de um dispositivo (computador, tablet ou smartphone), a perguntas criadas pelos docentes. Nesta formação serão abordadas as diversas aplicações desta ferramenta, bem como a importância da implementação destas estratégias em contexto de sala de aula. A utilização do Kahoot apresenta inúmeros benefícios, tendo como exemplos o aumento do nível de interatividade das aulas, o feedback instantâneo dado ao estudante sobre o seu conhecimento, a revisão de conteúdos, entre outros. A formação terá um caráter dinâmico e interativo, onde serão realizadas diversas atividades e exercícios.

Gonçalo Moura é colaborador do Núcleo de Desenvolvimento Académico (NDA) desde 2013, é Mestre em Psicologia Educacional pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicado (ISPA) e tem experiência de trabalho com jovens adultos. Tem interesse em diversas áreas da psicologia da educação, como a motivação, o rendimento académico e em particular a área das Soft Skills. Demonstra uma grande ambição em apoiar os estudantes para alcançarem sucesso académico.

A formação decorre no dia 10 de julho, das 14:00 às 16:30 (atenção, houve alteração do horário)

Inscrições: https://forms.gle/xnD4iHCekNknZT548

Studio Based Learning

Recent research projects have depicted Studio-Based Learning as a successful approach to teaching computer science students. This talk will describe using Studio-Based Learning as a pedagogical approach in an online introductory Computer Science 1 (CS1) course. The studio-based instructional model emphasizes learning activities in which students (a) construct personalized solutions to assigned computing problems, and (b) present solutions to their instructors and peers for feedback and discussion within the context of design critiques. For SBL to be effective, assignments to be critiqued must be solvable by a variety of thinking paths. Building upon the identification of students’ most frequent programming errors, we implemented SBL sessions and analyzed the impacts compared to sessions that did not employ the SBL methodology. The online nature of this class allowed for a rich collection of data and the integral recording of the sessions. In addition to the students’ performance, motivation and perception of their learning process, the analysis of this data provided insight into students’ thought processes.

Prof. Paula Alexandra Silva is a Human-Computer Interaction researcher and practitioner, who focuses on designing user interfaces for older adults. She is also a passionate teacher and has lectured on HCI-related courses. Currently, she is a lecturer in Design Innovation at the Department of Design Innovation in Maynooth University, Ireland. She has held appointments at a number of Universities and has more than 10 years of experience teaching a diversity of courses and supervising students. Paula Alexandra Silva is interested in user experience for everyday life and common good and in conducting research that focuses on designing for special target audiences. She is currently compelled by: design and evaluation of user interfaces for older adults, touch and gestures, games and gamification, well-being, creativity and innovation.

A formação decorre no dia 8 de julho, em português – CANCELADA

Inscrições: https://forms.gle/wxU9Cy3DESuDuBZ2A


As Soft Skills são as novas Hard Skills –  Fundamentos de Inteligência Emocional para Docentes

Apresentar brevemente o conceito de inteligência emocional (Daniel Goleman), os estudos de António Damásio e ensaiar algumas aplicações dos mesmos à prática da docência no Ensino Superior, com exemplos práticos relacionados com as práticas pedagógicas no IST. Elaboração de um programa de desenvolvimento de competências associadas à Inteligência Emocional, incluindo aspetos relacionados com a assertividade, a gestão de conflitos e a regulação emocional.

A formadora Isabel Gonçalves coordena o Núcleo de Desenvolvimento Académico e é Psicóloga Especialista em Psicologia Educacional, especialidade avançada de Coaching Psicológico pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.

A formação decorre no dia 9 de julho

Inscrições: https://forms.gle/Sb3iyvPezTKCAT6f7

URKUND:  ferramenta informática de deteção de Plágio

Formação dirigida a docentes e investigadores que consiste na apresentação do software de deteção de plágio URKUND. Esta ferramenta verifica e compara os documentos que lhe são submetidos com todas as fontes disponíveis online, incluindo anteriores trabalhos, permitindo desta forma o desenvolvimento de uma cultura ética na comunidade académica. Esta formação tem como objectivos: refletir sobre o conceito de Plágio (intencional, não intencional, autoplágio, etc.) e a ética da informação; apresentar algumas ferramentas de detecção de Plágio; demonstrar o funcionamento do Software URKUND incluindo uma breve apresentação do programa, formas de submeter documentos, interpretação de resultados e compreensão dos relatórios e questões frequentes.

Isabel Marcos é doutorada em Documentación pela Universidade de Alcalá de Henares-Madrid. Possui o grau de mestre outorgado pela mesma Universidade e a Pós-Graduação em Ciências Documentais ministrada pela Universidade Autónoma de Lisboa. É licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi docente de 2007 a 2012 na Licenciatura de Ciências da Informação e Documentação da Universidade Aberta e tem coordenado Projetos de Literacia da Informação. Atualmente é coordenadora da Área das Bibliotecas, Arquivo e Centro de Congressos do IST.

A formação decorre no dia 12 de Julho

Inscrições: https://forms.gle/zXAFjyAxS31qYPZt6